por Jana Motta 06 de Junho de 2016 Saúde

5 Dicas para secar o corpitho

nova

 

Oi gente, tudo bem?

Como foi o final de semana? Curtiram? Muito pé na jaca?  Quem me acompanha no snap (segue lá…  janamotta1) sabe que eu prezo pelo equilíbrio, mesmo minha dieta sendo bem restrita, eu tenho “direito” a três refeições livres por semana (uhullll).

Eu recebo muitas perguntas sobre a minha alimentação, rotina de exercícios e como fazer para dar aquela secada e diminuir o percentual de gordura. Então montei algumas dicas valiosas para vocês.

IMG_2090

 

1 – Vá ao médico! Agende uma consulta com nutricionista ou um endocrinologista que vai pedir uma bateria de exames para saber como você está. Pode ser que haja alguma disfunção e não tem dieta ou treino que de jeito se o nosso organismo não estiver ok.

2 – Dieta é a chave do sucesso! Sabe qual o segredo do abdômen definido? Alimentação! Falo por experiência própria, nem adianta fazer mil abdominais e comer besteira. A barriga sequinha e com gominhos se conquista com dieta balanceada e específica.

3 – Comece a pesar o seu alimento. Depois de receber a dieta do seu nutri você vai saber a quantidade exata de carbo, proteína e vegetais que precisa ingerir em cada refeição. Como o “olhômetro” não funciona, o ideal é ter uma balança em casa. É super baratinha e faz toda a diferença. Eu chegava a comer 3x mais de macarrão, batata doce e salmão por não pesar e achar que estava na quantidade adequada. Geralmente comemos pelo sabor, gula ou vontade, mas o fato é que não precisamos de tanto. Vocês vão ver!

4 – Marmita, sua melhor aliada! Organização é tudo para não comer bobagens na rua (deixe para aproveitar na refeição livre e quando realmente estiver com vontade e não porque está morrendo de fome). Converse com seu nutri e peça opções de lanches práticos. Enquanto eu faço o meu café da manhã aproveito e preparo meu lanche da tarde e da noite. Tem que ser assim, senão a gente não consegue se organizar! Precisamos ter opções… se não deu para levar a fruta, pode ser oleaginosas ou um iogurte e por aí vai. Não dá para ter uma dieta engessada que você tem que ficar horas para arrumar sua comida. Ah, eu também peço alternativas de valores para a dieta não ficar muito cara.

5 – Sabor real – Eu aprendi a comer os alimentos com pouco tempero. Hoje gosto de sentir o sabor real da comida e não uso sal para quase nada, só quando faço patinho, mas para frango, ovos, crepioca, abobrinha… nada vai. No frango eu uso cúrcuma e gengibre em pó que fica uma delícia!!!

Estas orientações são dos médicos que frequento e foram fundamentais no meu processo do novo corpo e principalmente na minha saúde, assim eu posso manter a dieta e ter uma vida equilibrada.

outra

IMG_2128

Essa foto é para quem me pergunta se perdi bumbum depois que sequei. Nunca fui panicat ahahah, mas a academia é fundamental para ele se manter redondinho e em pé.

No próximo post vou falar do meu treino e postar minha receita do café da manhã.

Beijinhos e ótima semana!!!

 

Compartilhe Facebook Twitter
Tags: dieta, lifestyle, pouca gordura, saúde, treino
por Jana Motta 09 de Maio de 2016 Saúde

Gordura Escondida

Oi meninas, tudo bem?

Eu nunca fui gordinha e nem vou falar que sim ou contar uma história sofrida de superação só para me valorizar. Eu sempre fui magrinha! Na adolescência tinha um corpo ótimo com tudo em cima (literalmente). Sempre fiz atividade física e iniciei a musculação com uns 17 anos, daquele jeito… ia um dia, outra semana não, outro dia sim e outro mês não.  Eu nunca me importei com alimentação e comia de tudo. Meu cardápio tinha sempre fritura, salgadinho daqueles chips, miojo, lasanhas congeladas, pizza e a coca –cola que sempre foi a minha companheira fiel. Na casa dos meus pais tínhamos o hábito de jantar todos os dias e como eu ia dormir tarde, até a hora de deitar já tinha comido muita besteira.

Como eu era mais nova, comia, malhava e com um metabolismo acelerado, o negócio ia bem, obrigada! Até que comecei a perceber que o treino já não dava o resultado tão imediato, estava mais flácida e até celulites começaram a aparecer (nunca foram muitas, sou abençoada neste quesito). Foi então que eu percebi que assim não dava para continuar. Fui ao nutricionista,  diminui os derivados do leite, pois mesmo com a intolerância eu vivia comendo e passando mal, intensifiquei os treinos, mas o refri eu não cortei e continuava com as bebidinhas do final de semana e as friturinhas de sempre. Todo mundo dizia que eu estava ótima, mas a roupa engana muito, a gente sabe e eu sempre sonhei com aquele corpo sequinho.

Essa sou eu antes quase sem ar para tentar esconder a barriguinha na foto

Essa sou eu antes…. quase sem ar para tentar esconder a barriguinha para tirar a foto

Aí eu fiz alguns exames na minha nutri Vanessa Lodi e meu percentual de gordura estava acima dos 24%. Pasmem!!!!! 46kg com esse percentual de gordura. Magra da onde minha gente?

Então há dois anos eu resolvi mudar meus hábitos para valer! Os 30 bateram na porta e era a hora! Eu comecei a fazer o que nunca tinha feito: Aeróbio frequente e uma dieta realmente regrada. Fiquei muito tempo sem refrigerante, cortei o açúcar adicional, mudei os alimentos para as versões integrais, dei adeus ao pão de trigo e por aí foi…. Eu comecei em junho de 2014 já pensando que no final do mesmo ano eu ia estar super sarada!!! Doce ilusão! Fui começar a ver os resultados que eu queria no começo de 2016. É demorou, mas chegou! Hoje estou com o corpo que eu desejava, com o percentual de gordura de 11%, bem mais disposta, com o cabelo mais bonito, pele melhor, unhas mais fortes e todos aqueles benefícios de quem pratica atividade física e come bem.

Jana magra 2

Eu neste verão bem mais sequinha

Me acompanhem aqui no blog que eu vou contando sobre a minha rotina de treino, alimentação e estética para vocês entenderem melhor toda esta mudança.

 

Beijos!!!

Compartilhe Facebook Twitter
Tags: alimentação, dieta, fitness; lifestyle, treino, vida saudável
1 16 17 18